10.2.11

Reflexos da manhã


Aproveito as palavras
As letras que deixei
Escritas com fios de tinta
Apercebi que a formula
Já estava dentro
Dentro .das frases certas
Que compunha um sorriso
De qual despertei
Vi o céu com meus olhos
E notei como eles brilharam
No espelho da alma
Que projectava
Os efeitos
Reflexos da manhã
Da transparencia da esperança
E sempre pela manhã
 Que a vida começa
Num sonho perfeito de sol







15 comentários:

  1. Olá minha amiga Anita!
    Passei para te ler, e deixar-te um beijinho...

    ResponderEliminar
  2. Estás de parabéns!
    Já é um começo...
    Ao amanhecer projectas a alma para a vida,
    e na solidão da noite recolho os teus desbafos...
    Beijos.

    ResponderEliminar
  3. Ola Anita!
    Parabéns pelo poema e pela maravilhosa imagem!
    Passei para te deixar um grande xicoraçãoooo!
    Beijinhos amiga

    ResponderEliminar
  4. Os bons reflexos amanhecem sempre a cada manhã...
    Excelente poema, querida amiga Anita. Gostei imenso.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  5. Hola mi buena amiga, pasé por aquí sin apenas hacer ruido para saludarte. Precioso y hermoso todo lo que escribes, bonito poema, gracias por compartir. Que pases un buen fin de semana lleno de sensaciones positivas. Un beso desde la distancia de un amigo.

    ResponderEliminar
  6. Sob o sol da manhã vi nascer
    Um sonho... Uma flor...
    Nas páginas brancas vejo escrever
    Sonhos, paixão e amor...
    Bom fim de semana
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Pela manha o Sol traz aos olhos calmas, constelações de reflexos
    Parabéns

    Kety

    ResponderEliminar
  8. belas suas letras e todo un placer pra mim poder leer e sentir de las un sentimento lindo...

    saludos
    otimo final de semana
    abracos amiga Ana..

    obrigado pela sua amizade

    ResponderEliminar
  9. Efectivamente a vida renova-se em cada manhã com o sol que amamos e sem ser num sonho perfeito deixamo-nos embebecer com o seu explendor.
    É sempre um prazer ler os poemas de Anita de Castro, poemas difíceis, ou ela não os publicaria, como dizia Eugénio de Andrade a respeito dos seus.
    Sendo difíceis tornam difícil qualquer comentário e talvez por isso não tenha dado o realce que merecia "Na Palma do meu coração", em que houve uma colaboração envolvente e uma expressão enternecedora que se consolidou com fios de linho e se apresenta hoje com reflexos da manhã.
    É todo um conjunto maravilhoso que atrai e nos tenta a tirar do blog, da Net, o que à Net pertence e que nunca de lá deve sair se queremos continuar a deixar-nos apoderar por tanta beleza.
    Tudo acabaria por perder o encanto que sempre se encontra quando nos deixamos envolver neste campo de lírios.
    Amiga Anita tenho gostado de tudo e espero continuar a ter o prazer dessa companhia que esse tudo me faz.
    Um beijinho

    Chris Morris

    ResponderEliminar
  10. Amiga, vim lhe retribuir a visita, e me encantei com seu lindo e aconchegante blog, onde os sonhos brincam e nos fazem delirar... Lindo esse poema que acabei de ler! Deixo carinhos pra ti, viu? Bjsss

    ResponderEliminar
  11. Minha querida

    Como sempre belos os teus poemas...um sonho...a vida para viver...o amor para sentir, é isso que te desejo.

    Beijinhos com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  12. Em todas as artes em que os sábios se destacam, a obra-prima da natureza é escrever bem.
    John Sherffield

    Amiga Paula

    ResponderEliminar
  13. Alô, alô amiga, passei para te dar um abraço e lhe parabenizar por mais este belo poema. No brilho deste sol em teu olhar te desejo um final de semana cheio de muito brilho. Beijos para ti

    ResponderEliminar
  14. Olá querida amiga! Tu nasceste com a veia de poetisa. Os teus poemas entram na alma quando os leio. Lindos!
    Obrigado pelo carinho que deixa lá em meu espaço.

    Um beijão muito carinhoso.

    ResponderEliminar
  15. Anita,

    O reflexo do amanhecer
    libertou a tua imagem
    bela e serena...
    No canto matinal dos pássaros´
    ecoa o pensamento das virgens,
    aguardando a frescura do orvalho
    com linguas de sede...

    Beijos!
    AL

    ResponderEliminar