25.5.11

Na escuridão da noite




Fiz-me  silencio e adormeci com a noite
Olhei para fora vi apenas árvores
Procurei-te nas palavras concretas
No silencio dos muros
Prados e árvores
Na plumagem das folhas quentes
Matei a sede nos ribeiros
Senti o ar fresco
Que me beijava a alma
Sabores sabidos a campo 
 A mares perdidos na noite
E uma saudade sem rumo
 Saudade louca e inocente nos olhos
Envolventes no corpo despido
Na pele quente aveludada
E um leve cheiro a perfume
Que me alterava os sentidos


23 comentários:

  1. Na intimidade da noite mistérios sonhadores,metaforas já mais encontradas na ponta dos dedos,na imensidão da noite estão lá
    Poesias tristes,nostálgicas é teu rosto

    Da tua amizade virtual que ao longo dos tempos vem admirando tua poésia
    Sempre belos os teus textos
    Katlin

    ResponderEliminar
  2. "Sinta sempre a liberdade
    de poder voar,
    olhe sempre o horizonte...
    por mais distante que ele possa estar ...
    dê asas aos sonhos...
    Não deixe que a vida passe,
    sem que ?
    Você tenha voado em busca da felicidade,
    de ter alcançado por algum instante,
    e tocado por algum momento ...
    um sonho ... com um pensamento!!!

    (desconhecido)

    BOA Tarde amiga
    AMIGA ESTOU COM DIFICULDADE EM DEIXAR RECADO PORQ A GOOGLE AGORA PEDE SENHA. ELA SO DEIXA COMO ANONIMO MAIS SOU EU BRISA SUAVE.
    http://brisa-petala.blogspot.com/

    BEIJOS

    ResponderEliminar
  3. simplicidade é a forma mais sincera de manifestar a essência das palavras:

    Palavra que une e separa...
    Que alegra e entristece tanto...
    Palavra que rouba o sentido da existência, tornando a sobrevivência
    dolorosa...
    Palavra que produz à lagrima, acelera a emoção, compondo a canção inacabada.
    Palavra que faz o coração bater forte, resgatando à vida da morte...
    Magia que contagia, transformando alegria em desejo...
    Alimento que sacia a agonia, tranquiliza à alma e refrigera o espírito aflito...
    Como lidar com essa arma mortal; capaz de salvar e ao mesmo tempo matar os sonhos...
    De onde vem esse poder;
    diminuindo a distância e renovando esperança perdida.
    Assim segue a vida, refém dos verbos silenciados pela força da palavra.
    Não resta mais nada, a não ser entregar-me a esse universo infinito...
    A essa alquimia que faz da poesia um mito;
    revelando a pureza da alma, traduzida em palavras...

    Paula

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde Anita
    Sinto-me privilegiada do conhecimento e amizade

    Nesta vida inteira vi muitas definições de "amizades" nenhuma tão verdadeira quanto esta, que tenho agora comigo. Não foi uma definição escrita, lida, ou mesmo falada. Foi sua atitude bonita, sem ter pedido nada. Não poupou as palavras, ditas com sinceridade.

    Alexandra
    Lisboa

    ResponderEliminar
  5. Na escuridão da noite,o silêncio do deserto,tudo pára....na colina nos prados nos ribeiros , escuta somente o que está nas palavras, escuta também o que as palavras não dizem.
    Bom fim de semana
    Claudia

    Algarve Portimão

    ResponderEliminar
  6. A noite de memórias, de segredos e sonhos...
    Em tudo se descobre e despe....
    Lindo...
    Obrigada pela visita ao Minha Página
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  7. Ouvi o teu carinhoso chamamento e vim retribuir a visita...
    Aqui passei largos minutos saboreando os versos deste maravilhoso poema e deliciando-me com as melodias com que me brindas...
    Antes da minha partida deixo-te um grande abraço afectuoso de enorme saudade...

    ResponderEliminar
  8. Anita, minha querida, adorei a tua passagem lá pelo "Sementes Preciosas", pois isso significa que fui lembrada por ti. Muito grata, amiga.

    "Na Escuridão da Noite"!! - que bela poesia, a tua, minha amiga...Tocou-me desde a primeira frase do teu verso: "Fiz-me silencio e adormeci com a noite" . Lindo demais!

    Abraços e beijos da tua amiga do Brasil!
    Lu...

    ResponderEliminar
  9. Bom dia Anita!
    Depois desta alteração que fizeram nos blogs, algumas pessoas que me seguiam, desaparecem dos meus seguidores...Pois eu consigo ver os seguidores, mas parecem que mais ninguem consegue...Isto ainda não funciona a 100% e me parece que as pessoas que desapareceram dos meus seguidores, são precisamente aquelas que não conseguem entrar agora no meu blog, pois das pessoas que me lembro foste tu que desapareceste e a minha maninha Marina...Sinceramente não sei o que se passou...Beijinhos e o meu muito obrigada por me teres avisado...Fica bem.

    ResponderEliminar
  10. Minha querida

    Já consegui entrar, e adorei o poema, cheio de paixão e encantamento.

    Deixo um beijinho carinhoso
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  11. Hola mi buena amiga, pasé por aquí por tú hermoso espacio para saludarte y también agradecerte tus bonitos comentarios que siempre me dejas cuando me visitas. Un precioso y hermoso poema lleno de pasión y encantamiento que llega al mas hondo de nuestro corazón, gracias amiga por compartir. Que pases un feliz fin de semana llena de sensaciones positivas. Un beso desde la distancia de un amigo.

    ResponderEliminar
  12. Anita

    Encantamento e candura.
    Foram as palavras que me afloraram ao pensamento/sentimento.
    Não te vou deixar deixar sem visitas regulares, porque encontro , aqui, um Mar de Rosas.

    Parabéns pela linha escolhida.
    Obrigado pela "marca" de ternura, que fica(ou).

    SOL da Esteva

    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  13. OLá amiga Anita! Belo poema!!
    Nas plumagens das folhas quentes,aqueçe-te no sonhar com os lírios do campo.
    Um ótimo final de semana p/ vc.Bjs

    ResponderEliminar
  14. É incrível como os perfumes persistem na nossa memória. Às vezes basta uma ligeira fragrância para nos fazer viajar pelas sendas da memória.
    Todos lhe dizem o mesmo, mas nunca é demais dize-lo: como a sua poesia é maravilhosa e como a Anita expressa tão bem esse sentimento chamado saudade.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  15. Anita vindo novamente de fazer uma visita e esperando vc ser a minha seguidora. Feliz fim de semana
    "Por mais ingrata
    que a vida seja,
    AME-A;
    Por mais cruel
    que o destino seja,
    LUTE;
    Por mais difícil
    que o ideal seja,
    BUSQUE-O;
    Pois só assim terá
    o que se chama...
    FELICIDADE".
    Tenha Um dia Cheio De Alegrias!!!

    ResponderEliminar
  16. BRISA,,,,,tentei deixar comentario em seu blogspot,não consegui,só me resta deixar cá no meu blogspot se conseguir tb ....
    Quanto a eu ser sua seguidora ,já faz tempo que sou .fui lá e vi minha foto

    desejo te um bom fim de semana e um bom domingo
    Um meu respeito por ti

    ResponderEliminar
  17. Anita, há muita gente com dificuldade em comentar neste tipo de comentários.
    Eu só o consegui porque tens a opção do Nome/URL. De contrário, passava ao lado.
    O que te aconselho é mudares de tipo (para janela pop-up, por exemplo). Tens 3 ou 4 opções nas Definições/Comentários.

    Do teu poema.
    Gostei muito. Na forma, conseguiste manter o ritmo e a sonoridade do princípio ao fim. No conteúdo, muito bem... como sempre.

    Querida amiga, bom Domingo.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  18. NILSON BARCELLI...obrigada pela observação,vou tentar correguir atravez dos passos que me indicas te
    Desejo te uma boa semana
    Obrigada amigo

    ResponderEliminar
  19. Querida amiga Anita,
    Já está tudo normalizado.
    De qualquer modo agradeço a tua disponibilidade.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  20. Tão doce a sensualidade do poema!... Cada palavra é uma caricia!

    Beijos Anita!
    AL

    ResponderEliminar
  21. Um Poema envolvente
    expressivo, forte
    que me trás ao pensamento
    a frescura da noite
    e as sensações do sentimento.

    Como as palavras se complementam
    qual "Puzzle" se encaixam...

    Os sentidos de noite e de dia
    nos mostram a realidade
    do nosso corpo e mente
    que se completam no prazer
    do corpo e da alma.

    09-06-2011 17,10h

    by ZezinhoMota

    "Anita de Castro, adorei o seu canto
    apercebi-me do belo das suas palavras
    e de todo o envolvimento da pessoa que é
    sedutora e tão cheia de encanto."

    Deixo-lhe a minha vênia e admiração
    creia-me ser seu leitor com devoção...

    Saudações poéticas do ZezinhoMota

    "O Dia Mundial da Criança"
    A Poesia do Zezinho II http://zezinhomota1.blogspot.com

    ResponderEliminar
  22. Olá querida Anita!
    Amiga, adoro lírios!!
    Liberdade é quando for noite de luar,
    contar estrelas até não querer mais.

    Desejo-te um excelente final de semana.

    Bjs

    ResponderEliminar